Edifício Verde da Dígitro é Premiado como ConstruçãoSustentável de 2012

Premiação ocorrerá no Fórumde Gestão Sustentável de Florianópolis. Prédioda Dígitro favorece a economia de recursos, baixa emissão,acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção eaté o incentivo ao acesso via bicicleta

O Edifício Verde da Dígitro Tecnologia, um dosmaiores projetos de prédio ecologicamente sustentável deSanta Catarina, acaba de ser escolhido pela comissão julgadora doPrêmio Expressão de Ecologia como ganhador nacional dotítulo de Construção Sustentável 2012.

A diplomação da empresa ocorrerá durante oFórum de Gestão Sustentável, programado para o segundosemestre, e que reunirá em Florianópolis especialistas detodo o País em desenvolvimento sustentável, além dedezenas de ONGs, representantes de governo e empresas envolvidas emprojetos “verdes”. 

A Dígitro énacionalmente reconhecida por uma grande variedade de práticas deresponsabilidade sócio-ambiental que a qualificam como empresa“sustentável”. O Reconhecimento para o Prêmio de2012 teve como base, principalmente, o projeto de construçãodo novo complexo que abriga a sede da empresa, localizada na capitalCatarinense.

O empreendimento foi baseado no conceito greenbuilding (Edifícios Verdes), buscando a preservaçãoambiental e o aproveitamento máximo de recursos naturais, como ocalor e a luz solar, a água da chuva, entre outros, reduzindosignificativamente o consumo de energia.

“Ficamos muitoorgulhosos com o prêmio, pois sabemos que adisseminação de projetos como este reforça aidéia de que preservação ambiental é umaresponsabilidade de todos e deve estar na base dos valoresempresariais”, afirma Geraldo Faraco, Presidente daDígitro.

Preferência para a Luz Natural eUso de Água da Chuva
Entre as principaiscaracterísticas da edificação, estãoos vidros especiais, chamados insulados, que permitem apenetração de luz natural em todos os ambientes (menornecessidade de luz artificial), bloqueando em 70% a entrada de calor ediminuindo o uso de ar-condicionado,  ao mesmo tempo em que reduz emmais de 70% o ruído externo. No topo, uma estrutura decélulas fotovoltaicas está sendo montada em etapas, para que,até 2014, a luz interna utilizada em todos os ambientes, durante odia, seja suportada pela energia advinda dessa fonte.

Oprédio conta também com sistemas de aquecimento solar,circuitos hidráulicos distintos - um de água tratada, parauso em torneiras e chuveiros, e outro, independente, para usoespecífico na descarga dos vasos sanitários, que utilizaágua coletada da chuva (capacidade de armazenamento: 60.000 litros).A questão da energia também foi tratada no mesmo conceitosustentável do restante do empreendimento. Autilização de um prisma central permite a entrada de luzsolar nos vários andares, reduzindo o uso deiluminação artificial e consequentemente o consumo deenergia.

A estrutura também recebeu um moderno sistema detratamento de efluentes, ampla estrutura para portadores de necessidadesespeciais, programas de saúde, com incentivo autilização de bicicleta, além de programas dereciclagem que envolvem não somente os colaboradores, mastambém a comunidade local.

Confira mais notícias