GS1 Brasil valoriza a rastreabilidade no I Simpósio Internacional de Farmácia Hospitalar e Clínica

Rastreabilidade e segurança serão os temas da GS1 Brasil para abordar a importância e benefícios da automação das farmácias hospitalares

São Paulo, maio de 2012 – A GS1 Brasil – Associação Brasileira de Automação participará do I Simpósio Internacional de Farmácia Hospitalar e Clínica, nos dias 11 e 12 de maio, em São Paulo. Promovido pelo Hospital Albert Einstein, o evento tem o objetivo de debater a crescente importância das práticas farmacêuticas direcionadas para os pacientes. A complexidade das novas terapias com medicamentos e os resultados eficazes de suas intervenções reafirmam a necessidade de uma assistência de qualidade.

“Os medicamentos, agora, são vistos como um instrumento e não mais como apenas um meio. Para diminuir a margem de erro, os hospitais automatizam cada vez mais seus processos”, afirma João Carlos de Oliveira, presidente da GS1 Brasil. “A automatização permite, por exemplo, a rastreabilidade dos medicamentos em toda cadeia, o que garante a segurança dos pacientes e reduz os custos assistenciais”, completa.

Ana Paula Vendramini Maniero, assessora da GS1 Brasil, ministrará, juntamente com Mark Neuenschwander e Nilson Malta, do Hospital Albert Einstein, a palestra “Rastreabilidade e segurança na cadeia de medicamento no hospital”, no dia 12, a partir das 10h20. “Falaremos sobre a importância da automação como ferramenta para rastreabilidade e seus benefícios, como o aumento de segurança dos pacientes e diminuição de perdas para o hospital”, afirma Ana Paula.

O I Simpósio Internacional de Farmácia Hospitalar e Clínica ocorrerá no Auditório Moisés Safra, no Hospital Albert Einstein, nos dias 11 e 12 de maio. Além da participação de Mark Neuenschwander, presidente da Neuenschwander Co., Inc., Bellevue WA, o evento contará com palestra de Deb Saine, gerente de segurança de medicamentos na Winchester Medical Center.

Confira mais notícias