Sensores de chuva e crepuscular: tecnologia em prol da seguranša

  • Recursos ajudam o motorista na tarefa diária de dirigir
  • Ambos os sistemas contribuem para melhorar a visibilidade do veículo
  • Itens estão disponíveis em modelos nacionais e importados
A Volkswagen vem desenvolvendo vários recursos tecnológicos que, além de ajudar o motorista na tarefa diária de dirigir, aumentam a segurança no trânsito. Em tempos de férias escolares, muitas pessoas aproveitam esse período para viajar. E, dentro do portfólio de veículos da Volkswagen, há recursos tecnológicos que contribuem para garantir uma viagem tranquila.

Entre os itens de conforto e conveniência, destacam-se os sensores de chuva e crepuscular, disponíveis para os modelos modelos Polo, Golf e família Fox com sistema coming / leaving home, além da família Jetta e de toda a linha premium (Passat, Passat Variant, Passat CC, Tiguan e Touareg).

Esses sensores ficam instalados na parte superior do para-brisa dianteiro, na base de fixação do retrovisor interno no vidro. Esta é uma posição-chave para os sensores detectarem se há pouca luz ambiente, capaz de acionar o sensor crepuscular, ou se há chuva, que ativa o sensor do limpador de para-brisa. Ambos os sistemas aumentam não só o conforto dos ocupantes mas também a segurança a bordo.

O sensor crepuscular é um sistema óptico que opera com dois receptores de luz. Quanto menor a quantidade de luz sobre o componente, maior é a resistência do material semi-condutor (e menos corrente passará por ele). Quando a iluminância sobre o sensor atinge um valor abaixo de aproximadamente 2.800 lux (local escuro), é enviada uma mensagem para o sistema acionar os faróis e luzes de posição. Quando há um valor acima de cerca de 4.500 lux (local claro), é enviada uma mensagem para desligar os faróis. Para a ativação do sistema, o comando de chave de luzes deve estar na posição "auto".

Também é possível acionar os faróis remotamente por meio do sistema coming leaving home. Após destravar o veículo em local escuro, os sensores identificam a baixa luminosidade e acionam os faróis baixo e as luzes de posição, por aproximadamente 30 segundos, iluminando a área ao redor do veículo. Se o local estiver claro, a iluminação externa não será ativada sem necessidade.

Melhor visibilidade

O sensor crepuscular está integrado ao sensor de chuva. Ele opera na frequência de onda infravermelha e usa, como princípio ativador do sistema, a refração de luz, que incide sobre o sensor instalado na base do retrovisor interno.

O limpador de para-brisa é acionado quando há incidência de água sobre esse sensor. LEDs (diodos emissores de luz) no sensor projetam feixes infravermelhos para detectar se há reflexão ou refração da luz através das gotículas d'água, acionando os limpadores de para-brisa.

O sistema dispõe de quatro níveis de sensibilidade, modulando a frequência e a velocidade com que as palhetas serão acionadas para limpar o vidro. Para sua ativação, é necessário que o comando do limpador do para-brisa esteja em posição de temporizador.

Líder global em fabricação de scanners, a Plustek oferece soluções e produtos para digitalização de documentos. Criada em 1986, inicialmente como fabricante de equipamentos originais (OEM, Original Equipment Manufacturer) para grandes empresas, desenvolveu linhas de impressão offset e scanners multifuncionais. Com design inovador e rígidos padrões de qualidade, a Plustek tornou-se uma das maiores empresas de OEM do mundo.

Além do setor de vendas e de suporte em todo o mundo, suas fábricas e escritórios em Taiwan fornecem produtos com tecnologia de ponta a preços acessíveis. Na internet, os produtos estão à venda na Fnac e Clube do lar. Os principais distribuidores da Plustek no Brasil são Macrosolution, Spur e Settros. Mais informações no site www.plustek.com/br.

Confira mais notícias