Projetos de eficiência energética são apresentados no Cobee 2012
São Paulo - A 9ª edição do Congresso Brasileiro de Eficiência Energética na Empresa (COBEE), principal evento a tratar do tema eficiência energética nas empresas brasileiras, que aconteceu até esta quinta-feira, dia 12, em São Paulo, apresentou, pela primeira vez, cases do setor integrantes do Programa de Qualificação das Escos, o Qualiesco. O programa, em parceria com a Fundação Santo André, faz uma análise técnica dos projetos, atestando sua capacidade técnica. A certificação tem validade de três anos.

Promovido pela Abesco (Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia), a edição 2012 do COBEE contou com 13 projetos já implementados no Sudeste, Sul e Nordeste. Todos receberam o prêmio “Destaque Eficiência Energética 2012”.

Entre os cases premiados, a iluminação de LED no túnel Ayrton Senna, em São Paulo; o aquecimento solar para chuveiros elétricos híbridos da CDHU de Mogi das Cruzes; e as estações móveis de orientação de uso racional para alunos e professores das escolas municipais.

De acordo com a MGD Engenharia, responsável pelo novo projeto de iluminação do túnel Ayrton Senna, em parceira com a Eletropaulo e a Prefeitura de São Paulo, a economia com as lâmpadas de LED, de cerca de R$ 1,2 milhão, e a economia em energia elétrica seriam suficientes para iluminar uma cidade de 10 mil habitantes.

As habitações populares também fazem parte dos projetos. É o caso da CDHU de Mogi das Cruzes (SP) e suas 1.020 unidades verticais que receberam um “chuveiro inteligente”, denominado de híbrido, que aceita aquecimento solar. Segundo a Energias, esco responsável pelo projeto, o sistema já atendeu outras unidades da CDHU e aproximadamente 300 mil casas, com a projeção de chegar a 1 milhão de lares do projeto Minha Casa, Minha Vida.

Outro case apresentado foi da empresa Pense Eco, em parceria com o projeto “Elektro nas Escolas”. Tratam-se de estações móveis que percorrem escolas municipais do interior de São Paulo e Baixada Santista orientando alunos e professores sobre o uso racional de energia elétrica com palestras e demonstrações. Criado há três anos, o projeto atendeu, somente no ano passado, 89 mil crianças com o objetivo de fechar 2012 com 100 mil atendimentos.

Painéis Eficiência Energética – Além dos cases, o segundo dia do COBEE também foi marcado por oito painéis, que discutiram iluminação, processos industriais, gás, fontes renováveis, linhas de crédito, reúso de água, qualidade e inovação.

LED X Fluorescente – Tema atual e em pauta no setor, a lâmpada LED é o futuro da iluminação, de acordo com os palestrantes do painel “Soluções para Eficiência Energética em Edificações Comerciais, Industriais e Escritórios”. O diretor técnico da Associação Brasileira da indústria da Iluminação (Abilux), Isac Roizenblatt, afirmou que o material inaugura uma nova era na iluminação mundial, que agrega novas funcionalidades e eficiência na maneira de iluminar.

Essa ideia foi complementada pelo supervisor de engenharia P&D da Intral S/A, Anderson Soares dos Santos. O especialista fez um comparativo completo entre as lâmpadas fluorescentes com a LED. Ambos passaram informações técnicas que comprovam os benefícios na utilização do LED, como a economia de energia elétrica, que em alguns casos pode chegar a 80%; o custo de manutenção menor; o prazo útil maior e o aumento da eficiência em até 50%.
Confira mais notícias