Primeiro smartphone com Windows Phone

Depois de um ano de seu lançamento nos Estados Unidos, o sistema operacional para celulares da Microsoft, o Windows Phone, chegou oficialmente ao Brasil hoje, como já era esperado. O primeiro aparelho a ser vendido no país será o Ultimate, da taiwanesa HTC. As vendas começam hoje com exclusividade da Vivo. No plano pré-pago, o Ultimate será vendido a R$ 1,8 mil. Com 9,9 milímetros de espessura, o Ultimate tem corpo de alumínio escovado e pesa 160 gramas. A tela é de 4,7 polegadas.   
"Chegar depois não é ruim", disse Cristina Palmak, diretora de canais de consumo da Microsoft Brasil, durante evento realizado pela manhã, em São Paulo. De acordo com a executiva, o atraso permitiu que a companhia aprimorasse alguns dos serviços do aparelho como a loja de aplicativos Marketplace. "Quando o Windows Phone foi lançado tínhamos zero aplicativos. Hoje temos 30 mil", disse.

No primeiro trimestre, a Microsoft tinha uma participação de 0,7% do mercado de telefones no Brasil, segundo a consultoria Gartner. Em termos globais, o Windows Phone representou 1,6% das vendas de smartphones no segundo trimestre de 2011, com 1,72 milhão de unidades. Em 2010, a participação era de 4,9%, ou 3 milhões de unidades. O Android liderou o mercado global no segundo trimestre, com 43,4% das vendas.

Com a chegada do Ultimate ao Brasil, a expectativa agora é com lançamentos de outras empresas que apostam no Windows Phone, como Samsung, LG e Nokia. A companhia finlandesa, que anunciou um resultado melhor do que o esperado por analistas,fará um evento mundial na semana que vem, onde deve apresentar os primeiros modelos com Windows Phone. Em fevereiro a companhia fez um acordo com a Microsoft para colocar o sistema operacional em seus smartphones.

A consultoria IDC estima que serão vendidos 10 milhões de smartphones no Brasil. De acordo com Lee Ittner, vice-presidente da HTC para América Latina, a expectativa é de que o número chegue a 16 milhões em 2012.

Confira mais notícias